- Publicidade -

Botafogo vence Boavista com gol de Brenner e vira líder do grupo

- Publicidade -

O Botafogo venceu a segunda seguida ao derrotar o Boavista por 1 a 0, neste domingo, no Estádio Nilton Santos, com gol de Brenner. De quebra, assumiu a liderança do grupo na Taça Guanabara, com 8 pontos. 

O próximo adversário é o Madureira, sábado, no Estádio Nilton Santos.

- Publicidade -

O JOGO

- Publicidade -

Motivado pela vitória sobre o Macaé no meio da semana, o Botafogo voltou ao Estádio Nilton Santos disposto a buscar a liderança do grupo na Taça Guanabara. O time fez bom primeiro tempo, mas faltou o gol.

O início foi morno, estudado, sem chances de gol. A primeira para o Botafogo só veio aos 20 minutos, em falta na entrada da área, em que Valencia acertou a barreira. Aos 25, Pimpão se antecipou a Julio Cesar e quase chegou antes do goleiro.

A parada técnica fez bem ao Botafogo, que passou a jogar mais com a bola no pé e com triangulações. Em bom lance coletivo, Pimpão cruzou rasteiro e João Paulo bateu por cima. Aos 31, uma jogada inacreditável: João Paulo finalizou de esquerda na trave, Brenner mandou o rebote no travessão e Rodrigo Pimpão foi empurrado quando preparava a bicicleta para o gol. O juiz não deu pênalti.

Ainda houve uma última oportunidade, com Leo Valencia, que roubou bola no ataque, viu Brenner livre, mas cruzou na mão do goleiro. O Boavista respondeu em falta que Erick Flores bateu cruzado, Jefferson espalmou e Gustavo mandou por cima.

Na etapa final, o Botafogo logo encontrou o caminho do gol. Gilson roubou bola na zaga, partiu em velocidade, recebeu de Valencia e sofreu pênalti. Brenner cobrou com categoria para abrir o placar aos 3! Botafogo 1 x 0 Boavista.

O adversário apenas especulava e pouco criava, enquanto o Fogão levava perigo. Aos 15, após escanteio cobrado por João Paulo, Marcelo cabeceou por cima. Renatinho entrou colocando mais gás no setor ofensivo. Ele deu um chute para fora e cobrou uma falta cruzada, que o goleiro rebateu.

No fim, o Botafogo foi inteligente para controlar a bola, o adversário e o resultado, garantindo mais uma vitória!

BOTAFOGO: Jefferson, Arnaldo, Marcelo, Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, João Paulo, Leo Valencia (Renatinho), Rodrigo Pimpão (Ezequiel) e Luiz Fernando; Brenner (Dudu Cearense). Técnico: Felipe Conceição.

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Toyota Corolla: entenda a diferença de desvalorização entre as gerações

Toyota Corolla SE-G automático possui a maior diferença de desvalorização entre gerações, com -10,19%. Por outro lado, a versão GLi automática desvaloriza apenas -4,89% anualmente

CNN Brasil anuncia Caio Junqueira e Raquel Landim como comentaristas de política e economia

O canal de notícias 24 horas estará disponível em breve para assinantes da TV paga

Com participação de Adriana Bombom, Vou Pro Sereno lança clipe

Bem-humorado, vídeo de "Eu Volto Pra Almoçar" traz diversos personagens para mostrar um domingo qualquer de futebol no subúrbio

Horóscopo de terça-feira 12 de novembro de 2019

Descubra o que os astros estão reservando para seu dia

Linha Amarela é a melhor opção entre as zonas Norte e Oeste

A pista segue livre de bolsões d'água

TJ libera uso de paletó e gravata a partir de 1º de dezembro

A liberação vai até o dia 20 de março de 2020

Enem: Candidatos que se sentiram prejudicados podem pedir nova prova até o dia 18

Inep vai dar a resposta às solicitações ainda em novembro

Vasco da Gama pode garantir permanência na Série A contra o Flamengo

Time de Luxemburgo venceu por 3 a 0 pela primeira vez no Brasileirão

Bolsonaro entrega 4,1 mil moradias populares na Paraíba

Empreendimento beneficiará 16 mil pessoas

Vasco da Gama reencontra a vitória contra o CSA-AL, veja os gols

Em duelo válido pela 32ª rodada, Cruzmaltino faz 3 a 0 sobre o Azulão, reencontra o caminho da vitória e sobe de posição na tabela

Horóscopo de segunda-feira 11 de novembro de 2019

As previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Flamengo vence Bahia e abre 10 pontos do Palmeiras

A equipe rubro-negra chega a 19 jogos de invencibilidade

Brics fomenta cooperação entre economias emergentes há 13 anos

Grupo ganhou força com crise econômica de 2008 e hoje tem banco

Em meio a protestos, Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

As eleições presidenciais bolivianas ocorreram em 20 de outubro. Morales obteve 47,07% dos votos, enquanto seu principal concorrente, Carlos Mesa, alcançou a 36,51%.

Evo Morales convoca novas eleições presidenciais na Bolívia

Decisão foi anunciada hoje (10), Data do pleito ainda será definida