O Vasco da Gama tentou, se esforçou, orientou, blindou, puniu, fez de tudo, até regime de spa, mas agora desistiu de vez do atacante Thalles.

Foram inúmeras as chances dadas para que o atleta se se readequasse, mas Thalles não aproveitou as oportunidades e vai ficar encostado no clube até que surja alguma proposta, ou, quem sabe, se recupere.

- Publicidade -

O atleta ficará treinando separadamente com o zagueiro Jomar e o lateral direito Bruno Ferreira, estes dois últimos por opção técnica.

O Vasco procura um clube interessado para emprestar Thalles, mas nenhuma proposta chegou até o clube, que já pensa em usar o atacante como moeda de troca em alguma negociação. O contrato do atleta com o Vasco até dezembro de 2019.

Aos 22 anos, o jogador é um colecionador de polêmicas ruins, que vão desde os problemas com a balança, a noitadas e e armas de fogo.

Um dos motivos que levaram o clube a desistir do jogador foi sua aparição em uma foto que rodou a internet portando uma arma em um baile funk em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro e seu excesso de noitadas.

Thalles aparece com arma – Foto: reprodução

O peso foi outro fato relevante, já que o jogador chegou a pesar mais de cem quilos e sempre tinha problemas em sua preparação física.

Thalles era tido como uma das maiores promessas do futebol brasileiro, chegou a deixar Gabigol no banco na seleção sub-20, sua multa rescisória chegou a mais de R$ 100 mi, teve sondagens de Arsenal, Chelsea, Liverpool e Manchester United, além do Napoli, da Itália, tão logo foi campeão do Torneio de Toulon (FRA) com a seleção brasileira sub-20 quando se destacou.

Nada disso fez com que Thalles reorganizasse sua carreira, vários técnicos como Jorginho e Milton Mendes tentaram convencer o atleta a se adequar, mas em vão.

O Vasco agora espera poder conseguir um bom negócio e conseguir um bom negócio e se desfazer do jogador o mais breve possível.