21.9 C
Rio de Janeiro
terça-feira, 21 de maio de 2019 4:0809
- Publicidade -

Fernando Alonso espera decisão da McLaren para definir futuro

- Publicidade -

Madri (AFP) – O espanhol Fernando Alonso decidiu esperar decisão da McLaren sobre possível mudança do motor do carro, nesta segunda-feira, antes de definir se vai continuar ou não na escuderia britânica da Fórmula 1.

“Acho que é preciso esperar. Acho que a McLaren está em uma situação difícil, porque estão há três anos sendo pouco competitivos”, avaliou o piloto em entrevista ao canal de televisão Antena 3.

- Advertisement -

“Eles têm que buscar uma solução. Uma delas pode ser mudar de motor. Vou esperar sua decisão antes de tomar a minha”, acrescentou o bicampeão do Mundo de F1.

“Quero ser leal ao time que me apoiou nesses anos, porque passamos por momentos difíceis juntos. Quando eles esclarecerem a situação e souberem qual pacote de carro, chassi e motor vão ter, aí eu tomarei minha decisão”, avaliou Alonso.

O piloto espanhol insistiu que “não quer falar com muita gente antes de dar a primeira oportunidade para eles”.

Alonso quis ser otimista e lembrou que “McLaren e Ferrari são escuderias histórias na Fórmula 1. Três anos pouco competitivos é o limite para uma equipe deste calibre. Tenho confiança que no ano que vem vamos solucionar tudo”.

Desde sua chegada em 2015, depois de quatro temporadas na Ferrari, Alonso ainda não conquistou um pódio com a escuderia britânica.

No Grande Prêmio da Itália, Alonso precisou abandonar a corrida por problemas mecânicos no carro.

Últimas Notícias

Alexandre Campello garante reforços no Vasco da Gama e diz que meta e fica entre os 10 primeiros do Brasileirão

O presidente do Vasco da Gama também falou sobre a busca de um terreno para a construção de um Centro de Treinamentos

Estado do Rio tem aumento de mortes por intervenção policial em abril

Número de vítimas registrado em abril foi o menor para o mês nos últimos quatro anos

Werley sobre o Vasco da Gama: “A torcida ainda vai ter muito orgulho desse time”

O zagueiro também falou sobre o início ruim no Campeonato Brasileiro

Contribuinte paga caro pelas mordomias de ex-presidentes; veja os valores

Em 2018, o Estado Brasileiro gastou R$ 4,6 milhões com cinco ex-presidentes

Peruanos protestam contra pedágios em vias construídas por Odebrecht e OAS

São pedágios "contaminados pela corrupção", declarou o prefeito de Lima, Jorge Muñoz, ao convocar a Câmara dos Vereadores para discutir a questão.

Ford vai eliminar 7 mil empregos; cerca de 10% de sua equipe mundial

Em março, a Ford anunciou a eliminação de mais de 5.000 vagas de empregos na Alemanha.

Luxemburgo confirma barca no Vasco da Gama

Elenco do Gigante da Colina tem mais de 40 jogadores

Bolsonaro diz que reforma tributária será apresentada após aprovação da Previdência

Se a reforma tributária for aprovada pela CCJ, proposta será examinada por uma comissão especial antes de ser analisada pelo Plenário da Câmara