O cantor britânico Liam Gallagher nunca viu com bons olhos a banda Coldplay e principalmente o seu vocalista, Chris Martin. Agora, porém, o cofundador do Oasis mudou sua visão e até pediu desculpas oficialmente à banda por seus comentários agressivos.

Em entrevista à rádio Beats 1, da Apple Music, Liam confessou que se desculpou com a banda no camarim depois de cantarem juntos no show One Love Manchester, organizado por Ariana Grande em prol das vítimas do atentado ocorrido na cidade em maio.

- Publicidade -

“Eu entrei no camarim e disse, ‘eu me desculpo por tudo que eu disse antes, eu estava sendo um babaca'”, confessou o ex-Oasis. A resposta de Chris Martin, segundo ele, foi positiva. “Ele disse: ‘não, não, nós amamos’. Então eu tive um passe livre”.

Desde a década passada, Liam Gallagher coleciona críticas públicas a Martin e companhia. “Chris Martin parece um professor de geografia”, disse em 2006. “A banda inteira parece mais que m… Eles nunca viram uma foto dos Rolling Stones? Provavelmente não”, declarou no ano passado.

As pazes entre Liam Gallagher e Coldplay vieram com o dueto Live Forever, no show One Love Manchester.

Apesar de estar bem com o Coldplay, Liam revelou à Beats 1 que continua sem falar com o irmão Noel, o que dificulta uma possibilidade de retorno do Oasis, que vai bem além de dinheiro. “Eu e nosso garoto não nos falamos e esta é a coisa mais triste. Nós temos que começar a ser irmãos e amigos de novo, não importa quantos zeros coloquem num cheque.”

Estadão Conteúdo